(11) 3031-8932

Curso para Mediadores e Conciliadores Judiciais - Credenciado pelo TJSP

 

Curso para Capacitação de Mediadores e Conciliadores Judiciais

Instituição Credenciada pelo TJSP

 

EXCELSU Educacional está habilitada pelo Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo - TJSP, para a oferta de cursos de formação de mediadores e conciliadores judiciais.

 

Ato de Credenciamento pelo TJSP: clique aqui

 

O Curso é ofertado em diversas cidades.

 

I. Local/cidade: consulte aqui

 

II. Duração:

1. Carga horária teórica: 40 horas.

2. Carga horaria prática: 60 horas de Estágio Supervisionado.

FREQUÊNCIA: 100% (exigência do CNJ - Conselho Nacional de Justiça) 

 

III. Público Alvo do Curso: 

 

O curso destina-se a profissionais com curso de graduação em qualquer área, que se interessam em participar dos quadros do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo como auxiliar da justiça, bem como na atuação nas Câmaras privadas de conciliação, mediação e arbitragem credenciadas por esse Tribunal. Também se destina a pessoas que lidam, direta ou indiretamente, com relações humanas, que pretendam ampliar suas ferramentas para lidar com situações de impasse, compreender sua dinâmica e conduzir os envolvidos a uma solução que atenda aos interesses de todos. 

Tais como: Conciliadores, Mediadores, Advogados, Bacharéis em Direito, Serventuários da Justiça, Servidores Públicos, Psicólogos e Profissionais de diversas áreas.

 

IV. Coordenação:

Geral:  Prof. Me. Ricardo Alves de Lima.

Supervisora de Estágios:  Profª Cláudia Regina Chaves de Almeida Farabello. 

 

V. Instrutores do Curso:

As aulas serão ministradas por instrutores e supervisores do CNJ e integrantes do NUPEMEC – Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo e por autoridade competente em políticas públicas (Provimento CSM 2288/15). 

Instrutores habilitados para o curso:

Cinthia Maria Zaccariotto Ferreira

Advogada. Especialista em Mediação de Conflitos - Intervenções Sistêmicas em Diversos Contextos, pela PUCSP/COGEAE (2006). Especialista em técnicas psicodramáticas e “Roleplaying” (800horas). Educadora especializada em Educação Infantil. Especialista em Mediação em diversos contextos - PUC/SP (250 horas). Graduada em Direito pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1973). Certificada Supervisora de novos conciliadores e mediadores, atua junto aos alunos da Escola Paulista da Magistratura - EPM. Tem experiência na área de Direito, com ênfase em Família. Professora dos cursos de Capacitação e Formação de Mediadores e Conciliadores conforme resolução 125/2010 do CNJ. Ministra aulas na EPM – Escola Paulista de Magistratura, SER, JUS Postulandi, ZNÚCLEO Educacional, do qual é Diretora/Fundadora, entidades habilitadas pelo Tribunal de Justiça/SP. É Certificada Instrutora dos cursos de Mediação Judicial e Instrutora das Oficinas de Parentalidade do CNJ – Conselho Nacional de Justiça.

Cláudia Regina Chaves de Almeida Farabello

Especialista em Métodos Alternativos de Solução de Conflitos pela EPM – Escola Paulista da Magistratura, São Paulo, 2016-2017. MBA em Gestão  Pública,   Universidade Anhanguera São Paulo, 2015 - 2016. Possui Licenciatura em Língua e Literaturas de Língua Portuguesa, FE – USP – Universidade de São Paulo, 2014. Graduação em Letras, FFLCH– USP – Universidade de São Paulo, 2011. É Instrutora em Mediação e Conciliação habilitada pelo CNJ – Conselho Nacional de Justiça. É funcionária do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo no Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos – NUPEMEC. Possui formação - Instrutores da Oficina de Parentalidade e Divórcio TJSP /EPM – Escola Paulista da Magistratura, São Paulo, 2016. Formação - Instrutores em Mediação para a Justiça Estadual. & CNJ / EPM - Escola Paulista da Magistratura, São Paulo, 2015. Formação e Aperfeiçoamento de Mediadores e Conciliadores pelo CNJ / EPM – Escola Paulista de Magistratura, São Paulo, 2015. Participou entre 2005-2015 – Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo. Fórum Regional de Santo Amaro, Fórum de Itapecerica da Serra e Comitê de Ação Social e Cidadania - CASC. Entre 1994-2004 trabalhou na AES Eletropaulo S.A na área de Planejamento e Gestão de Projetos. Entre 1987-1993 trabalhou na Prefeitura do Município de São Paulo. Coordenadoria Regional de Saúde Campo Limpo. Área de Gestão de Pessoas.

Juliana Maria Polloni de Barros

Doutora em Serviço Social pela Universidade Estadual Paulista UNESP (2013). Tese de Doutorado Mediação familiar: diálogo interdisciplinar. Mestre em Direito pela Universidade de Ribeirão Preto - UNAERP (2003). Especialista em Direito Civil e Processo Civil pela Universidade de Franca UNIFRAN (1998). Graduada em Direito pela Universidade Estadual Paulista - UNESP (1996). Pesquisadora/Membro do Grupo de Estudos e Pesquisa sobre Família (GEPEFA) da UNESP Franca. Membro associado ao IBDFAM (Instituto Brasileiro de Direito de Família). Advogada colaborativa. Professora universitária. Mediadora formada pelo Instituto ConversAções de Mediação de Conflitos. Atua como Conciliadora e Mediadora no Centro Judiciário de Solução de Conflitos - Central de São Paulo (CEJUSC/TJSP). Mediadora privada e Membro do corpo de especialista de Câmaras privadas de Mediação e Arbitragem. Integra a equipe docente e de supervisão no Instituto ConversAções de Mediação de Conflitos e participa como docente colaboradora de diversos cursos de capacitação em Mediação de Conflitos, todos inscritos junto ao NUPEMEC TJSP. Palestrante na Escola Paulista de Magistratura (EPM) no Curso de Capacitação e Aperfeiçoamento de Mediadores e Conciliadores. Instrutora em Mediação Judicial pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Supervisora em Mediação pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Expositora da Oficina de Pais e Filhos do Fórum João Mendes Foro Central de São Paulo. Tutora da Escola Nacional de Mediação (ENAM) nos cursos: Básico de Mediação e Resolução Consensual de Conflitos envolvendo Políticas Públicas 1.ª e 2.ª ofertas.

Maria Auxiliadora Lima Serafim

Especialista em Meios Alternativos de Solução de Conflitos Humanos pela Escola Paulista da Magistratura (2008). Possui graduação em Psicologia pela Universidade Guarulhos, São Paulo, Brazil (1992). Atualmente é funcionária do NUPEMEC Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos do Tribunal de Justiça de São Paulo. Conciliadora e Mediadora no Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania CEJUSC Central. Mediadora Privada. Instrutora em Mediação certificada pelo Conselho Nacional de Justiça CNJ. Instrutora nas Oficinas de Pais e Filhos no CEJUSC Central. Possui experiência na área de Administração, com ênfase em Administração Pública. Ministra aulas em Conciliação e Mediação pela Escola Paulista da Magistratura.

Sueleni Pereira Valério Chung

Especialista em Recursos Humanos Gerencia. Assistente Social formada pela Faculdade Paulista de Serviço Social. Funcionária do NUPEMEC de São Paulo. Instrutora do projeto Oficina de Pais e Filhos coordenada pelo NUPEMEC (Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos). Instrutora certificada nos curso de Mediação Judicial pelo CNJ. Formada como Conciliadora e Mediadora pela Escola Paulista da Magistratura, atuando desde 2010 nos setores Família e Cível. Professora e palestrante nos cursos de capacitação em Conciliação e Mediação do Instituto SER. Atualmente cursa a Graduação em Direito. Realizou curso de Extensão Universitária em Direito de Família pela Escola Paulista da Magistratura, o curso de Extensão Universitária em Direito de Família e Sucessões pela Escola Superior de Advocacia, o curso de Extensão Universitária em Conciliação pela Escola Paulista da Magistratura.

 

VI. Programa do Curso:

1. Módulo I - teórico:

Serão desenvolvidos temas pelos professores, com indicação de leituras obrigatórias de textos introdutórios especialmente selecionados de acordo com as principais linhas técnico-metodológicas para a conciliação e a mediação, com a realização de simulações pelos alunos desenvolvidos no módulo teórico, determinados temas recomendados pelo CNJ, visando à instrumentalização teórica dos futuros profissionais, bem como para alicerçar sua atuação como mediadores em diversos contextos sociais.

2. Módulo II - prático/Estágio: 

O aluno deverá realizar o estágio supervisionado em locais definidos pela Coordenação do Curso e pela Supervisão de Estágios, e efetuar a entrega/envio dos relatórios no prazo de 03 (três) meses a contar do término do módulo I, seguindo todas as diretrizes do CNJ, atuando como observador, coconciliador/comediador. Os relatórios serão avaliados pela Professora supervisora dos estágios. A emissão do certificado dependerá do cumprimento por parte do aluno de todos os requisitos exigidos pelo curso.

 

VII. Metodologia:

Aulas presenciais, interativas e expositivas, cujo material pedagógico disponível para download consiste em apresentações de slides (em arquivo Power point.), Manual de Mediação Judicial (pdf). Apresentação de bibliografia básica. Vídeos exemplificativos de conciliações e mediações e exercícios simulados de casos práticos para fixação dos conceitos.

 

VIII. Avaliação - instrumentos e critérios de avaliação:

Módulo I: A avaliação dos alunos tomará por base a regulamentação do Comitê Gestor Nacional da Conciliação do CNJ, sendo considerados: assiduidade com 100% de presença; participação nas aulas; avaliações objetivas e discursivas; desempenho nas atividades práticas, leitura e entrega de resumos de textos.

Módulo II: Todos os alunos devem realizar estágio supervisionado em locais definidos pela Coordenação do Curso e pela Supervisão de Estágios, e efetuar a entrega/envio dos relatórios nos prazos definidos.

 

IX. Certificação:

Esse curso será certificado pela EXCELSU Educacinal credenciada e habilitada pelo NUPEMEC do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo. Após o termino do Módulo I teórico, ocorrerá a entrega de Declaração de seu cumprimento. A certificação será realizada posteriormente à entrega e supervisão dos relatórios do Módulo II prático. A emissão do certificado dependerá do cumprimento por parte do aluno de todos os requisitos exigidos pelo curso e de não ter pendência financeira com o curso. Não se emitirá certificado ao aluno que não conclua com aproveitamento e frequência o Módulo I teórico e o Módulo II Prático/Estágio, dentro dos prazos determinados.

 

A Excelsu Educacional mantém convênio com diversas instituições, especialmente com as Subseções da OAB de São Paulo para fins de oferta do curso de capacitação.

 

Antecipe-se, reserve sua vaga.

 

Siga-nos:

Facebook/Excelsu

 

Voltar
Voltra ao topo